15 de jan de 2012

Séries: Os Diários de Carrie - Candace Bushnell

"Para quem se apaixonou pelas aventuras de CarrieSamanthaCharlotte eMiranda, agora é a hora de saber como tudo começou." - a história por trás de Quatro Amigas e Um Jeans Viajante


1. Os Diários de Carrie
Este livro revela o que levou Carrie até Nova York, como ela se tornou escritora e outros segredos da loira. Os diários começam no último ano do colegial de Carrie. Ela e sua melhor amiga são inseparáveis, até que Sebastian Kydd entra em cena. Sebastian é um mau garoto – mais velho, intrigante e imprevisível; e Carrie se entrega a um relacionamento que ela sempre quis ter no colegial – até que a traição de sua amiga a faz questionar tudo. Com os dias de colegial chegando ao fim, Carrie deve perceber que é hora de ir atrás de tudo que ela sempre quis.


2. O Verão e a Cidade
Em O Verão e a Vidade Carrie Bradshaw vai para a grande cidade frequentar um curso de escrita, dado por um professor famoso. Vive deslumbrada com a vida em Nova Iorque mas as desilusões a perseguem. À medida que vai penetrando nos meandros da vida citadina, começa a travar conhecimento com aquelas que serão as grandes amigas na sua idade adulta. Primeiro, conhece Samantha, depois Miranda. Escreve uma peça de teatro, que não tem ponta por onde se lhe pegue. Apaixona-se por um homem mais velho que, ao saber que ela faz 18 anos nesse dia, foge literalmente da cama e a põe na rua. Acaba por perder a virgindade nesse mesmo dia, com um colega da mesma idade. O Verão acaba e Carrie regressa a casa, uma vez que não arranjou maneira de ficar em Nova Iorque. Vai no comboio quando… Querem ver que vamos ter um terceiro romance?

Séries: Os Livros do Princípio - John Stephens

1. O Atlas Esmeralda

Os Livros do Príncipio conta a história de três irmãos. Kate, a mais velha, tenta proteger seus irmãos a todo custo. Michael, o do meio, é nerd e adora histórias sobre magia. E Emma, a mais nova, é uma encrenqueira capaz de bater em garotos maiores do que ela. Dez anos atrás, numa noite de inverno, os três foram tirados de suas camas às pressas, perseguidos por criaturas estranhas e levados para longe de seus pais. Nunca mais os viram e passaram todo esse tempo de orfanato em orfanato, sem nenhuma explicação para o que aconteceu. Um atlas encantado surge agora no caminho deles, prometendo revelar as respostas para todas as suas perguntas. A jornada das crianças passa por uma terra habitada por gigantes, anões, lobos famintos, crianças prisioneiras e uma condessa que é a fonte de todo o MalEsta é a história de três crianças que só queriam salvar sua família e acabam tendo que salvar o mundo.

A Caminho do Verão - Sarah Dessen

Auden resolve passar as férias de verão em Colby, uma minúscula cidade do litoral, com o pai, sua nova esposa e Thisbe, a filha do casal e sua mais nova irmãzinha. Lá, ela revê seus conceitos em relação à madrasta, encara um emprego de férias em uma boutique totalmente demais e conhece Eli, um garoto misterioso com o qual embarca em uma busca: experimentar uma adolescência sem preocupações que lhe foi negada enquanto ele procura se recuperar de um acontecimento trágico. Junte dois solitários, uma bicicleta, um estoque infindável de madrugadas com insônia, tortas e café e… tudo pode acontecer.


"É algo terrível quando alguém deixa você, pavoroso. Você pode seguir em frente e fazer o melhor possível, mas, como Eli tinha dito,o fim é um fim. Não importa quantas páginas de sentenças e parágrafos de histórias maravilhosas tenham levado até ele: sempre haverá uma última palavra."


"A única pessoa que você pode ter a certeza de controlar, sempre, é você mesma, o que parece ser muita coisa, mas, ao mesmo tempo, não é suficiente."

"Talvez a verdade fosse que não seja fácil ser surpreendente. Pois então todas as coisas seriam. São as coisas pelas quais você luta e contra as quais batalha antes de ganhar que têm o maior valor. Quando algo é difícil de conseguir, você batalha aquele tanto a mais para ter certeza de que é ainda mais difícil – se não impossível – perder."

Norte e Sul - Elizabeth Gaskell

Publicado em forma de livro pela primeira vez em 1855, sendo que já havia sido publicado inicialmente na revista literária “Household Words”, de propriedade de Charles Dickens, entre setembro de 1854 e janeiro de 1855 em 22 partes semanais. Conhecido inicialmente por “Margaret Hale”, teve alterado por pressão de seus editores para “North and South”, demonstrando melhor o tema geral do livro: o contraste existente entre o modo de vida da Inglaterra industrializada do norte e da Inglaterra rural e inocente do sul, em uma época fortemente marcada pela revolução industrial do século 19. Quando a história foi publicada como um livro em 1855, esta incluiu um prefácio afirmando que por causa das restrições do formato da revista, a autora foi incapaz de desenvolver a história como desejava e, deste modo, “várias passagens curtas foram inseridas, e vários novos capítulos adicionados”. O enredo do livro é um romance social que tenta demonstrar a vida e os conflitos existentes no norte industrializado dos meados do século 19, através das impressões de uma jovem nascida nas regiões rurais da Inglaterra. A heroína da história, Margaret Hale, é filha de um ministro religioso que se muda para a cidade fictícia de Milton, cujo modelo era a cidade de Manchester, onde Elizabeth Gaskell morou em companhia de seu marido. Lá Gaskell trabalhou em ações filantrópicas junto aos pobres da cidade e conheceu de perto as misérias das áreas industriais. 
Para a protagonista, o sul onde havia nascido simbolizava o idílio rural, o triunfo da harmonia social e do decoro, contrapondo-se com o norte e seu ambiente sujo, rude e violento. Na medida em que conhece a difícil realidade da população local, ocorre então a formação de novas amizades e uma crescente atração por Mr. John Thornton, dono de uma fábrica têxtil. Ela terá que rever seus preconceitos, chegando à madura aceitação de si mesma e de seus sentimentos. A mudança no estilo de vida choca Margaret que simpatiza profundamente com a pobreza dos trabalhadores e entra em conflito com John Thornton, o proprietário da fábrica têxtil local e amigo de seu pai. Após um encontro com um grupo de grevistas, no qual Margaret tenta proteger Thornton da violência dos manifestantes, os dois se apaixonam, entretanto, Margaret recusa o pedido de casamento de Thornton, por não concordar com a situação pelas quais seus funcionários passavam; mais tarde, ele a vê em companhia do irmão dela, confundindo-o com outro pretendente, e isso acaba por gerar outros conflitos não resolvidos. Margaret passa a acreditar que tinha perdido o afeto de Thornton e começa a vê-lo com outros olhos, o que eventualmente os leva a um novo reencontro. 


Download do Livro AQUI

11 de jan de 2012

O Oposto do Amor - Julie Buxbaum

Aos 29 anos, Emily Haxby mora sozinha em Manhattan, trabalha em um grande escritório de advocacia, tem bons amigos e um namorado apaixonado. Mas, ainda assim, ela se sente vazia por dentro. O que poderia faltar em uma vida aparentemente tão boa? Em O oposto do amor, Julie Buxbaum estréia na literatura mostrando uma personagem que luta para aprender a lidar com as próprias emoções e precisa desvendar a si mesma antes de encarar o mundo. Ao desconfiar que Andrew, um médico com quem namora há dois anos, vai pedi-la em casamento, Emily toma uma decisão surpreendente: termina o relacionamento, sem conseguir encontrar uma justificativa plausível para tal atitude. Mergulhada no trabalho, a advogada não tem tempo para refletir sobre o assunto ? passa 20 horas por dia no escritório, envolvida em uma causa que vai contra seus princípios e a faz lidar com um chefe que insiste em assediá-la. Quando descobre que seu avô ? uma das pessoas que mais ama e sempre esteve presente para apoiá-la ? sofre de Alzheimer, a protagonista é forçada a encarar seus fantasmas. A ausência da mãe, que morreu de câncer quando Emily tinha 14 anos, e a distância existente entre a jovem e seu pai, um político bastante ocupado, incomodam como nunca. No meio desse turbilhão emocional, ela se dá conta de que realmente ama Andrew. Com o passar do tempo, Emily reflete sobre as escolhas feitas até então e resolve dar um novo rumo à sua vida. Para começar, a personagem procura reatar seu namoro. Diante da resistência de Andrew, ela conclui que o oposto do amor não é o ódio, e sim a indiferença. Seria tarde demais para eles? Ao longo das páginas, Julie Buxbaum brinda os leitores com uma narrativa sobre amor, perda e a capacidade de se reerguer diante das adversidades, enfrentando os próprios medos. Apesar de ser uma obra de ficção, O oposto do amor mostra como as verdadeiras mudanças na vida de alguém se realizam de dentro para fora. Nesse processo, saber lidar com os sentimentos é fundamental. 


Download do Livro AQUI

Depois de Você - Julie Buxbaum

As complexidades da amizade. O desfecho de um casamento negligenciado. E o poder redentor da literatura... Buxbaum, a aclamada autora de O Oposto do Amor, entrega uma história poderosa e gloriosamente escrita sobre amor, família e os segredos que escondemos dos outros, e de nós mesmos. Em uma rua de paralelepípedos de Nothing Hill, Lucy, a melhor amiga de Ellie Lerner, é morta a facadas na frente de sua filha de oito anos de idade. Ellie, com certeza, larga tudo - seu emprego, seu casamento, sua vida nos subúrbios de Boston - e viaja até Londres para recolher os pedaços da vida que Lucy deixou para trás. Enquanto o marido de Lucy, Greg, lida com sua dor se retirando para o pub, Sophie, de oito anos de idade simplesmente parou de falar. Desesperada para ajudar Sophie, Ellie se volta para o livro que lhe deu conforto quando criança, O Jardim Secreto, uma históra de magia, dor e cura, que faz com que as duas passem horas explorando-na. Mas assim, também, descobrir os segredos que Lucy manteu escondidos, até mesmo de sua melhor amiga. Ellie passa a voltar para partes da vida de sua amiga e é forçada à confrontar seus problemas também - o casamento que ela deixou para trás, a perda que ela desejava esquecer e a definição do lugar que escolhemos para chamar de lar.


(minha tradução)

Nosso Último Verão - Ann Brashares

Na vila de Waterby em Fire Island, os ritmos e rituais são sacrossantos: as cerimoniosas chegadas e partidas de barca, os jantares no iate clube com sua comida terrível, e as vistas de tirar o fôlego; o decreto tácito contra sapatos; e o desfile de gerações de crianças bronzeadas e cheias de areia, correndo, nadando, gritando e crescendo na praia. Nosso Último Verão é a encantadora e emocionante história do triângulo de amizade praiana entre jovens adultos para quem o verão na vila de Waterby significavam tudo. Ao longo de toda sua vida, as irmãs Riley e Alice, agora em seus vinte anos, retornavam à modesta casa de praia de seus pais a cada verão. A pequena e tenaz Riley é uma moleca e uma salva-vidas, sempre pronta para um mergulho à meia-noite, um velejo tempestuoso ou uma disparada de pés descalços ao longo da praia. A bela Alice é doce, maleável, uma leitora e pensadora, e admiradora de sua irmã mais velha. E, crescendo na grande mansão que eclipsa a humilde casa das irmãs, vivia Paul, um amigo tão importante para as duas meninas quanto o próprio lugar e que agora finalmente volta à ilha após três anos de ausência. Mas seu retorno marca uma estação de tremendas mudanças, e quando uma atração fervilhando em silêncio, uma séria doença e um grande segredo colidem, os três amigos são lançados num mundo adulto desconhecido, um mundo contra o qual seu refúgio de verão já não pode protegê-los. Ann Brashares conquistou milhares de fãs com sua série de arrasador sucesso, A Irmandade das Calças Viajantes, na qual capturou poderosamente as complexidades emocionais da amizade feminina e do amor adolescente. Com Nosso Último Verão, ela segue em frente para apresentar um novo elenco de personagens e relações adultas tão verdadeiras, comoventes e inesquecíveis quanto. Com calor, humor e sabedoria, Brashares nos faz sentir as alegrias e dores excruciantes do amor - tanto platônico quanto romântico. Ela nos faz recordar a força e a ferroada da amizade, a grande dor da perda e o complicado peso da lealdade em família. Reflexivo, lírico e tremendamente emocionante, Nosso Último Verão é uma pungente celebração do verão e da nostalgia da juventude.

Um Verão Pra Toda Vida - Michael Noonan

Um grupo de meninos órfãos é convidado para passar as férias num balneário australiano da década de 1930 e, ao saberem da possibilidade de um deles ser adotado, a competição entre eles começa. Os meninos deixam de ver a si mesmo como amigos e se encaram como adversários - e essa concorrência culmina em um final inesperado.
A Warner Bros Pictures comprou os direitos do livro e já lançou o filme, estrelando Daniel Radcliffe (Harry Potter).
Mais informações sobre o filme AQUI 


Trailer do filme:



Séries: Verão (Summer) - Jenny Han

1 O Verão Que Mudou Minha Vida
A vida de Belly é medida em férias de verão. Para ela, todas as coisas boas só acontecem entre os meses de junho e agosto, quando está na casa de praia junto a Susannah, única e melhor amiga de sua mãe e uma espécie de tia, e seus dois filhos, Jeremiah e Conrad. Mais do que irmãos postiços e companheiros de férias, os filhos de Susannah tornaram-se o centro das suas emoções. A véspera do aniversário de 16 anos de Belly marca também o fim daquele que parece ser o último verão onde estarão todos reunidos em Cousins Beach. A partir do ano seguinte todos estarão ocupados demais e talvez algum deles já nem esteja mais entre nós...


2. It's Not Summer Without You
Ano passado todos os sonhos de Belly se tornaram realidade e o pensamento de perder um verão em Cousins Beach era inconcebível. Mas como a ascensão e queda da maré, as coisas podem mudar - simplesmente assim. De repente o tempo que ela mais aguardava se torna algo que ela teme. E quando Jeremiah liga para dizer que Conrad está desaparecido, Belly deve decidir como vai passar seu verão: procurando pelo garoto que ama, ou finalmente deixá-lo ir.

3. We'll Always Have a Summer
Belley sempre esteve apaixonada por dois garotos, ambos com sobrenome Fisher. E depois de estar com Jeremiah durante os dois últimos anos, ela tem quase certeza que ele é sua alma gêmea. Quase. Conrad não superou o erro que cometeu ao deixar Belly ir mesmo sabendo que Jeremiah sempre soube que ela era a menina para ele. Então quando Belly e Jeremiah decidem tornar uma coisa para sempre, Conrad percee que é agora ou nunca - dizer a Belly que a ama ou perdê-la para sempre. Belly terá de confrontar seus sentimentos por Jeremiah e Conrad, e enfrentar uma verdade que possivelmente sempre soube: ela terá de partir um de seus corações.

9 de jan de 2012

Quarto - Emma Donoghue

Para Jack, um esperto menino de 5 anos, o quarto é o único mundo que conhece. É onde ele nasceu e cresceu, e onde vive com sua mãe, enquanto eles aprendem, leem, comem, dormem e brincam. À noite, sua mãe o fecha em segurança no guarda-roupa, onde ele deve estar dormindo quando o velho Nick vem visitá-la. O quarto é a casa de Jack, mas, para sua mãe, é a prisão onde o velho Nick a mantém há sete anos. Com determinação, criatividade e um imenso amor maternal, a mãe criou ali uma vida para Jack. Mas ela sabe que isso não é suficiente, para nenhum dos dois. Então, ela elabora um ousado plano de fuga, que conta com a bravura de seu filho e com uma boa dose de sorte. O que ela não percebe, porém, é como está despreparada para fazer o plano funcionar.


“Quando eu tinha quatro anos, eu achava que tudo na TV era só TV, aí eu fiz cinco e a Mãe desdizeu (sic) que uma porção de coisas eram só imagens do real e falou que o Lá Fora era totalmente real.”


“(…) eu noto que as pessoas vivem quase sempre tensas e não tem tempo. (…) Acho que o tempo é espalhado muito fino em cima do mundo todo, feito manteiga, nas ruas e nas casas e nas pracinhas e nas lojas, por isso só tem um tiquinho de tempo espalhado em cada lugar, e aí todo mundo tem que correr pro pedaço seguinte.”


“Meu pedaço favorito do Lá Fora é a janela. Toda vez ela é diferente. Passou um passarinho, zum, não sei qual era. Agora as sombras estão todas compridas de novo, a minha faz ondas lá do outro lado do quarto, na parede verde. Fiquei vendo o rosto de Deus cair bem devagarinho, ainda mais laranja, e as nuvens são de todas as cores, e depois tem uns riscos, e o escuro chega tão de pouquinho em pouquinho que só vejo quando ele já está lá.”


1º Capítulo do Livro AQUI



Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros - Seth Grahame-Smith

Além de uma história eletrizante, um pouco de história.
Indiana, 1818. A luz da lua cai através das florestas densas que cercam a cabana de apenas um quarto onde um Abraham Lincoln com apenas 9 anos se ajoelha ao lado do leito de morte de sua mãe. Só mais tarde o entristecido Abe descobriria que o ferimento fatal de sua mãe era, na verdade, culpa de um vampiro. Com o dom de suas legendária altura, força e habilidade com um machado, Abe sai em um caminho de vingança que irá levá-lo até a Casa Branca.


"Vamos morda, eu suplico!" Senti minúsculas gotas de sangue no pescoço quando suas presas me atravessaram a carne. Fechei os olhos e me preparei para encontrar o desconhecido; para ver novamente meus amados meninos...mas não foi assim. 
"Algumas pessoas são interessantes demais para morrer, Abraham", disse ele, ficando de pé. Pegou de volta o casaco e o chapéu e foi embora em direção à porta, em direção aos três guardas aflitos, que tinham o coração batendo ainda mais acelerado que o meu."



Tim Burton e Timur Bekmambetov produzirão o filme do livro.


Book Trailer:



Uma Princesa de Marte - Edgar Rice Burroughs

A história conta a saga de John Carter, um veterano da guerra civil americana que de forma inesperada vai parar em Marte, ou Barsoom, como é chamado por seus habitantes, e é capturado por uma estranha raça de marcianos Tharks. O planeta agoniza pela falta de água e de ar, povoado por criaturas assustadoras e envolvidas em disputas internas. Graças à diferença gravitacional de Marte em relação à Terra, Carter adquire habilidades incomuns e acaba ganhando o respeito e a amizade dos habitantes. Também conhece Dejah Thoris, princesa de uma nação rival, por quem se apaixona e luta incessantemente. Esta divertida e inusitada história - que pode ser descrita como uma ficção científica com toques de romance - está sendo adaptada pela Disney para os cinemas, com estreia prevista para 2012, e serviu de inspiração para o diretor e roteirista de Avatar, James Cameron.


Trailer do Filme:



Graveminder - Melissa Marr


Rebekkah Barrow nunca esqueceu a afetuosa atenção que sua avó, Maylene, dava para os mortos em Claysville, cidade onde Bek passou sua adolescência. Não existia um funeral que Maylene não ia, e em todos, Rebekka percebeu que ela sempre fazia um ritual estranho: três goles de uma pequena taça de prata seguida das palavras “Durma bem, e fique onde eu lhe colocar”. Agora Maylene está morta e Bek precisa ir de volta no lugar – e o homem – que ela deixou a uma década atrás. Mas o que ela rapidamente descobriu foi que Maylene foi assassinada e que existia uma boa razão para seus rituais estranhos. Acontece que na tranquila Claysville, os mundos dos vivos e dos mortos estão perigosamente conectados. Abaixo da cidade encontra-se uma terra sem lei e sombria governada pelo enigmático Charles, também conhecido como Sr. D – um lugar de onde os mortos irão retornar se os seus túmulos não são devidamente guardados. Apenas o Guarda-Cova, uma mulher, Barrow, e o atual supervisor funerário, Byron, podem colocar as coisas nos seus devidos lugares uma vez que os mortos comecem a andar.

Séries: Desventuras em Série


A série narra as aventuras de três irmãos muito inteligentes, os órfãos Baudelaire. Violet Baudelaire, a mais velha, é uma inventora e tem catorze anos quando a série se inicia; Klaus Baudelaire, o irmão do meio, é um grande leitor e tem onze anos no começo da trama; e Sunny Baudelaire, a caçula, é um bebê que gosta de morder objetos e fala em uma linguagem compreensível apenas para seus irmãos (sua fala vai se desenvolvendo ao longo da série). A história parte do momento em que as crianças são informadas de que seus pais faleceram em um terrível incêndio que ocorreu em sua mansão, destruindo-a. No primeiro livro, as crianças vão viver sob tutela de um primo distante, o Conde Olaf, um homem terrível e pouco higiênico que tenta roubar a enorme fortuna que seus pais lhes deixaram. Em cada livro as crianças são levadas a um novo tutor excêntrico; o Conde Olaf sempre os acha onde quer que estejam, aparecendo em disfarces ridículos com um plano diferente para roubar a fortuna das crianças. Aparentemente, os únicos que não são enganados pelos disfarces são os Baudelaire. A série segue nesse formato até o sétimo livro, quando os papéis são trocados, e do livro oitavo ao duodécimo as próprias crianças usam disfarces e são perseguidas pela polícia, após serem falsamente incriminadas pelo Conde Olaf. Os irmãos são perseguidos pelo infortúnio aonde vão, mas ocasionalmente algo bom lhes acontece, e eles frequentemente encontram pessoas boas e bem-intencionadas. No fim os Baudelaire têm de contar com suas forças e um com o outro para desvendar o mistério e finalmente encontrar um lugar que possam chamar de lar.

Download Série Completa AQUI

1. Mau Começo
Mau Começo é o primeiro volume de uma série em que Lemony Snicket conta as desventuras dos irmãos Baudelaire. Violet, Klaus e Sunny são encantadores e inteligentes, mas ocupam o primeiro lugar na classificação das pessoas mais infelizes do mundo. De fato, a infelicidade segue os seus passos desde a primeira página, quando eles estão na praia e recebem uma trágica notícia. Esses ímãs que atraem desgraças terão de enfrentar, por exemplo, roupas que pinicam o corpo, um gosmento vilão dominado pela cobiça, um incêndio calamitoso e mingau frio no café da manhã.
2. A Sala dos Répteis
Lemony Snicket é um autor que não pode ser acusado de falta de franqueza. Sabe que nem todo mundo suporta as tristezas que ele conta e por isso – para que depois ninguém reclame – faz questão de avisar: “Se você esperava encontrar uma história tranqüila e alegre, lamento dizer que escolheu o livro errado. A história pode parecer animadora no início, quando os meninos Baudelaire passam o tempo em companhia de alguns répteis interessantes e de um tio alto-astral, mas não se deixem enganar…
3. O Lago das Sanguessugas
Se você ainda não leu nada sobre os órfãos Baudelaire, é preciso que antes mesmo de começar a primeira frase deste livro fique sabendo o seguinte: Violet, Klaus e Sunny são legais e superinteligentes, mas a vida deles, lamento dizer, está repleta de má sorte e infelicidade. Todas as histórias sobre essas três crianças são uma tristeza e uma verdadeira desgraça, e a que você tem nas mãos talvez seja a pior de todas. Se você não tem estômago para engolir uma história que inclui um furacão, uma invenção para sinalizar pedidos de socorro, sanguessugas famintas, caldo frio de pepinos, um horrendo vilão e uma boneca chamada Perfeita Fortuna, é provável que se desespere ao ler este livro. Continuarei a registrar essas histórias trágicas, pois é o que sei fazer. Cabe a você, no entanto, decidir se verdadeiramente será capaz de suportar esta história de horrores.
4. Serraria Baixo-Astral
Na opinião de Lemony Snicket, “de todos os volumes que contam a vida infeliz dos órfãos Baudelaire, Serraria baixo-astral talvez seja o mais triste até agora”. Alto-Astral é o nome da serraria que serve de cenário para as novas calamidades que Klaus, Violet e Sunny serão obrigados a viver. Trata-se de uma “ironia do destino”, pois ali, no meio daquelas árvores derrubadas, daquelas enormes toras de madeira, o que as três crianças vão encontrar é mais uma coleção de coisas horripilantes, tais como uma gigantesca pinça mecânica, bifes do tipo sola de sapato, uma hipnotizadora e um homem com uma nuvem de fumaça no lugar da cabeça. A vida dos Baudelaire é mesmo muito diferente da vida da maioria das pessoas, “a diferença principal estando no grau de infelicidade, horror e desespero”.
5. Inferno no Colégio Interno
Em Inferno no colégio interno, os três irmãos enfrentam caranguejos, provas hiper-rigorosas e os castigos de um internato.
6. O Elevado Ersatz
Como nos episódios anteriores, o sexto livro de Desventuras em série está repleto de desgraça, desespero e mal-estar. Quando essa nova desilusão começa, os irmãos Baudelaire estão acompanhados do Sr. Poe, um executivo de banco que ficara encarregado das crianças depois da morte dos pais deles num horrível incêndio.
7. A Cidade Sinistra dos Corvos
Os irmãos Baudelaire não conseguem acreditar no que lêem na primeira página do jornal. Uma reportagem informa que o pérfido Conde Olaf raptou não apenas os irmãos Duncan e Isadora Quagmire, mas também Esmé Squalor. O texto não poderia ser mais enganoso: Esmé tinha sido tutora das crianças recentemente, e os Baudelaire sabem muito bem que o Conde Olaf nunca a seqüestraria. Olaf e Esmé são na verdade aliados num plano maligno para se apropriar da fortuna das três crianças.
8. O Hospital Hostil
Um período especialmente infeliz se anuncia nas vidas aflitivas de Violet, Klaus e Sunny Baudelaire. Durante uma tenebrosa e exaustiva caminhada noturna, eles param diante do Armazém Geral Última Chance e decidem entrar para pedir ajuda. Eles não podem recorrer aos pais (pois os perderam num incêndio), nem à polícia (que estava entre seus perseguidores noturnos), tampouco a conhecidos (pois os irmãos têm conhecidos demais, o que é quase o mesmo que não ter nenhum).
9. O Espetáculo Carnívoro
No princípio de mais um episódio funesto de suas penosas existências, Violet, Klaus e Sunny Baudelaire se encontram no porta-malas de um carro preto. Qualquer pessoa que não seja um pacote ou uma mala preferiria viajar confortavelmente instalado no banco do passageiro, mas os órfãos Baudelaire não têm escolha. Quando refugiaram-se no bagageiro desse carro sinistro, eles escapavam de uma situação ainda pior. As três crianças encontram-se na “barriga da fera”, o que vale dizer que estão numa enrascada. Ao volante do automóvel está o ganancioso Conde Olaf, um vilão traiçoeiro que, desde que os Baudelaire perderam os pais num incêndio, vem perseguindo os três com o objetivo de se apossar da fortuna herdada por eles. Até aqui, felizmente, ele foi mal-sucedido.
10. O Escorregador de Gelo
Por mais azarados que sejam, até agora os órfãos Baudelaire pelo menos sempre estiveram juntos. Pois neste livro décimo a tragédia é ainda maior: separados do bebê Sunny, Klaus e Violet são obrigados a descer uma montanha escorregadia, enquanto tentam salvar a irmã mais nova das garras do temível conde Olaf. Será que os Baudelaire finalmente descobrirão o significado da sigla C.S.C.? Será que, desta vez, o final será feliz? É provável que não. Como sempre, a história está repleta de mistérios e mensagens secretas, situações absurdas, desgraça e mal-estar para todos – menos para o leitor, é claro. Mas quem gosta de alegria não deve nem abrir este livro, avisa o autor, pois a vida dos Baudelaire é sempre uma desventura pior do que a outra.
11. A Gruta Gorgônea
Este volume que dá seqüência à crônica da trágica e desgostosa vida dos irmãos Baudelaire está, como sempre, repleto de infortúnios. Depois de resgatar Sunny das garras do Conde Olaf, Violet, Klaus e Sunny se vêem separados do amigo Quigley, numa jornada rumo ao pé das Montanhas de Mão-Morta. A viagem só não é mais desagradável graças à aparição do submarino Queequeg, que resgata os três das águas violentas do Arroio. Capitaneado pelo excêntrico Andarré, o minúsculo Submarino Q e sua Tripulação de Dois ainda abriga Fiona, enteada do capitão, e Phil, que já havia ajudado os Baudelaire no infeliz episódio da Serraria Alto-Astral. Em busca de um misterioso açucareiro, os seis chegam à Gruta Gorgônea, onde cogumelos venenosos e a aparição de um certo conde podem precipitar desenlaces ainda mais tristes na vida da trinca desafortunada.
12. O Penúltimo Perigo
Quem, em prantos, seguiu as ‘Desventuras em série’, vai chorar ainda mais com este livro. Nele, os órfãos Baudelaire enfrentam o odioso Conde Olaf no Hotel Desenlace, onde os horrores se sucedem, uma vilã vestida de alface, gente furtiva perambulando no porão, um relógio sinistro, um açucareiro perdido, uma lavanderia com Cerramento Supravernacular Complexo, um tribunal vendado, pessoas nobres e pérfidas no mesmo barco e um final terrivelmente surpreendente.
13. O Fim
Finalmente, o tão esperado 13º volume que encerra a longa narrativa da terrível saga dos órfãos Sunny, Klaus e Violet. Mesmo que a vida dos três oferecesse mistério e martírio suficientes para preencher milhares de páginas, Lemony Snicket garante ter chegado à reta final da solene tarefa que lhe ocupou tantos anos de vida. Mas, como sempre, vale o alerta: aqueles que encontram prazer e alegria em outras coisas, que passem ao largo deste livro – pois é bem possível que O fim acabe com a vida do leitor mais suscetível.

Trailer do Filme: