13 de ago de 2011

O Céu Está Em Todo Lugar - Jandy Nelson

Eu deveria estar de luto, não me apaixonando. Às vezes é preciso perder tudo, para encontrar a si mesmo... Lennie Walker, obcecada por livros e música, tocava clarinete e vivia de forma segura e feliz, à sombra de sua brilhante irmã mais velha, Bailey. Mas quando Bailey morre de forma abrupta, Lennie é lançada ao centro de sua própria vida, e, apesar de não ter nenhum histórico com rapazes, ela se vê, subitamente, lutando para encontrar o equilíbrio entre dois: um deles a tira da tristeza, o outro a consola. O romance é uma celebração do amor, também um retrato da perda. A luta de Lennie, para encontrar sua própria melodia em meio ao ruído que a circunda, é sempre honesta, porém hilária e, sobretudo, inesquecível.
 "É romântico sem ser meloso e leva às lágrimas sem ser exagerado – o que mais o leitor pode querer? " — resenha da BCCB

O site da revista Atrevida super recomenda esse livro e eu também, acesse AQUI para saber mais.

Difícil comentar sobre um livro que te cativou desde o primeiro momento, aquele momento que você apenas olhou para a capa. No instante que a vi, me apaixonei principalmente pela textura da capa - que é grossa!. Pela sinopse da contracapa achei que seria um livro bem mais melancólico do que realmente foi. Afinal, na parte de trás só é citada a dor que a personagem sente por perder a irmã. Não vou dizer que o livro não é apenas isso, porque tudo se desenvolve através desse ponto e ao redor disso. A autora construiu uma trama muito bem estruturada através desse fato. E é aí que aparece os dois romances da vida de Lennie. E que romances!
Amei cada personagem que apareceu, todos tem um papel muito importante. A avó meio maluca de Lennie;  Big, o tio drogado e mulherengo, mas super gente boa; Toby, o ex-namorado da irmã que morreu e que acaba se tornando um conflito num romance maravilhoso entre Lennie e Joe.
Meu resumo com SPOILERS;
Lennie acaba de perder sua irmã mais velha e nunca conheceu sua mãe, que as deixou para a avó cuidar e partiu para "explorar o mundo". Lennie mora com sua avó, que pinta quadros de mulheres verdes e tem um jeito de viver meio exótico, e com Big, seu tio que vive drogado e já casou cinco vezes. Com a perda da irmã, ela perde o chão e sente que não sabe mais como viver. Afinal, a vida de Lennie girava em torno de Bailey. Na escola, conhece Joe, que a incentiva a voltar a tocar seu clarinete  e consegue fazê-la voltar a sorrir, fazendo com que Lennie se sinta culpada. Ao mesmo tempo, Toby, o ex-namorado de Bailey, começa a aparecer e são nesses momentos que os dois compartilham a dor e sentem a irmã mais próxima, fazendo com que acabem se envolvendo. Lennie sabe que está apaixonada por Joe, mas não consegue se controlar quando está perto de Toby. Com o passar do tempo, ela começa a descobrir coisas sobre sua irmã e sua  mãe. Descobre que Bailey estava grávida e noiva de Toby e que sua mãe não era nem um pouco como a heroína que imaginava e que sua avó descrevia. Então, o relacionamento entre Lennie e Joe floresce. Mas tudo chega ao ponto de acabar quando Joe flagra Toby beijando Lennie. Ela sabe que Joe já foi traído uma vez de forma muito cruel e sua mente criou uma barreira para perdoar. Mesmo assim, Lennie não desiste e tenta de todas as formas reconquistar Joe e recuperar sua confiança - são trechos muito fofos e ao mesmo tempo até engraçados do livro.
Lennie acaba aprendendo a viver a própria vida e não na sombra de sua irmã e que a perda não é motivo para parar de viver. Outro fato cativante do livro é que Lennie em qualquer parte que esteja, escreve poemas sobre o que está sentindo e os deixa lá para alguém ler. No fim, ficamos sabendo que a maioria deles foi encontrada por Joe. Há inúmeras páginas coloridas com imagens desses bilhetes espalhadas pelo livro.
Portanto, o livro é muito bom, super romântico e belo, ensina muito sobre perda, perdão, amizade e amor. Vale a pena ser lido em qualquer fase da vida.

Um comentário:

  1. Eu quero muito ler esse livro, porém, não tem em arquivo pdf ):

    ResponderExcluir